Cristina Ferreira

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Parece que Todo Mundo Pode Ser Feliz Aqui, Menos Você!


Heeey Guys, What's up?!








- Parece que todo mundo pode ser feliz aqui, menos você! 

Foi o que a minha mãe me disse durante uma "conversa" na cozinha no último domingo.
Era só mais um dia chato na vida de alguém que está vivendo para morrer de ansiedade com esse intercâmbio.
 À espera de uma família que parece que não existe, um date furado, a ansiedade da aprovação no vestibular(só um pouquinho, vai), preencher o app de novo, buscar o fomulário médico de novo, um domingo chato, de uma semana chata.

A expectativa nasce a cada dia com o raiar do sol, e morre à noite, na última vez que você olha o seu perfil antes de dormir.
A cada dia que passa parece mais improvável que as tais famílias existam, que esse sonho irá se realizar para você. Mas olha ali, do teu lado, aquela menina teve match em 2 semanas, a outra teve match em um mês, aquela agência é melhor e blah blah blah, bleh!!

Pra quem já está à espera de match é como se a cada hora passada o círculo vá se fechando, você se desespera só da possibilidade de que mais e mais garotas estão conhecendo e aplicando para esse intercâmbio, resta apenas para você se agarrar àquela esperança "a sua hora vai chegar"!

Tem dias que você acorda animada para suportar mais aquele dia, já outros, a sua esperança está por um fio muito, muito fino.

É um insulto dizer que pela primeira vez eu não fiquei animada em receber aquela mensagem no meu celular de manhã: Parabéns, você foi aprovado.

- Pra que começar a cursar se eu não vou terminar, mãe? Eu não quero ficar, eu quero ir embora.
- Enquanto não sai o resultado do seu intercâmbio, você vai fazendo isso.
- Eu queria mesmo é arrumar um emprego e comprar uma passagem pra eu ir embora.
- Parece que todo mundo pode ser feliz aqui, menos você!

Meus olhos se encheram de lágrimas, e eu concordei. Eu concordei com todas as letras daquela frase. Até a minha mãe havia chegado aquela constatação, Engoli a seco.


Pois é garotas sigo por aqui e vocês seguem por aí, cada um tentando se equilibrar de acordo com o tamanho da sua fé! Post só pra desabafar mesmo.


''É tudo uma questão de pensar positivo, você é do tamanho do seu sonho ''

Beijos&Abraços, até a próxima!


Maria G.


quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Como Eu Conheci o Programa Au Pair


Heeeeys Guuuys!!! What's up?!




Chegou o dia do nosso encontro das quartas! Aeee!!Se você está esperando uma história bem inusitada, então, você veio ao lugar certo! 


Tudo começou naquela tarde de fevereiro de 2015 quando eu...

E começou assim mesmo. Eu estava de bobeira vagando pelos videos do youtube (quando deveria estar estudando, é importante citar) quando resolvi buscar o trailer do novo filme do Keanu Reeves, "Knoc, Knoc" daí não parei mais. Comecei a buscar mais coisas sobre ele, sobre sua discografia, entrevistas e etc. e como sou apaixonada por esse ator, estou falando exclusivamente sobre seu trabalho, obviamente (HAHA, sqn). Comecei a me envolver demais até procurar mais videos sobre morar nos USA, como era viver nos USA, como ir pros USA legalmente e blablablá.

O youtube sempre me enviando sugestões de videos de au pairs, e eu sempre ignorando porque eu não sabia o que era "au pair" e até o nome não me chamava muita atenção.


Mas chegou o momento de que de 10 vídeos sugeridos pelo youtube relacionados ao tema de "morar nos USA" pelo menos 5 tinham no título "au pair". Como já estava no mínimo curioso essa insistência do youtube resolvi dar um clique e ver o que era aquilo.

OBRIGADAAA YOUTUBEEEE. Você mudou a minha vida, Lol.

Ainda me lembro do vídeo da au pair, uma moça morena do cabelo preto explicando sobre o processo de au pair, como ela foi morar nos USA, sobre host family e tals. Meus olhos se arregalaram e eu não estava acreditando que aquele sonho de USA seria possível.
A partir daí começou aquela busca implacável sobre o programa, sobre agências e continuei vendo outros vídeos pra saber se tudo aquilo era seguro mesmo, e de fato era, é.

Mas daí até iniciar o processo de verdade foi uma luta e vocês sabem: conseguir horas de experiência, tirar habilitação (vocês conhecem esse meu sofrimento!!), entrevistas nesse idioma complicado, testes, ansiedades enfim, quase um ano depois de conhecer o programa e agora estou online eu sei to devendo o post.

Pra você que está começando eu sugiro você ler outros tantos post anteriores sobre o programa au pair nesse blog e em outros tantos por aí!
Ahh me conta aí nos comentários como foi que você conheceu o programa au pair!!





Muitos beijos pra vocês e até a próxima quarta!




Maria Gama

domingo, 10 de janeiro de 2016

Vasróvia


A Varsóvia (Warsaw) é a capital da Polônia, é a cidade mais importante do país e combina modernidade de uma cidade capitalista e cheia de grandes multinacionais com uma cidade histórica.
A maior parte da cidade foi totalmente destruida durante a Segunda Guerra Mundial e teve de ser reconstruída. Além disso, somente um terço da população permaneceu na cidade, muitos faleceram ou deixaram a cidade na época. O centro histórico da Polônia é patrimônio da Unesco e foi reconstruído depois de ser destruído na Segunda Guerra.


1) Chegando na Varsóvia: chegamos no aeroporto de Modlin (que só opera pela querida Ryanair), de lá pegamos um ônibus que foi até uma estação de trem muito pequena (era muito pequeno mesmo) onde pegamos um trem até a estação Warsawa Centralna, o trem mais ônibus custaram  17 slotz. O caminho desse trem parecia um cenário do Silent Hill um nevoeiro e com muitos lugares abandonados e destruidos pelas Guerras. 
Para a volta compramos um transfer da empresa Modlin bus que sai da frente do Palácio da Cultura e vai até o aeroporto, custou 33 slotz e compramos  online neste site.  

2) Onde ficar na Varsóvia: ficamos no hostel the Warsaw Hostel que fica perto da estação central (não tão perto), são uns 20 minutos a pé. Pagamos 36 zlots por uma diária, o ponto negativo do hostel é que não tinha placas grandes indicando sua localização e ficamos um bom tempo procurando a entrada do mesmo. Depois que entramos subimos um andar de escadas e passamos por um centro de convenções e um salão, o hostel ficava no fundo do prédio. Os quartos eram limpos e relativamente grandes. Os banheiros eram bons, mas o chão alagava um pouquinho. A cama era bem ruim para subir e balançava bastante. Tinha uma cozinha para esquentar as comidas. No geral é um Hostel bom e bem localizado. 

3) O que fazer na Varsóvia: visitar o Palácio da Ciência e Cultura, ir a Old town. Como fomos no Natal estavam rolando os Christmas Markets e uma pista de patinação de gelo na Old town.
Fiquei com um pouco de medo no caminho aeroporto - centro, mas na hora que saímos da estação tudo mudou.  A primeira coisa que vimos ao sair da estação Central são esses arranha céus modernos, que impressionam pela beleza e moderna arquitetura. O que impressiona é a cidade moderna capitalista que até 1989 era comunista e dominada pela URSS.




Palácio da Cultura e Ciência

O prédio mais lindo é o Palácio da Cultura e Ciência de Vasróvia que é um dos prédios mais lindos que tem por lá e com uma das vistas mais maravilhosas da cidade. No entanto, os poloneses não gostam desse prédio devido a sua história. Há quem diga que a vista de cima dele é a melhor da cidade, pois não pode ser ver o prédio. O problema é que a construção do prédio é ordem de Stalin - líder da URSS que dominava todo o Leste Europeu até a Alemanha Oriental. Por isso o prédio é uma lembrança do domínio comunista da URSS na Polônia. 

Depois de passar na praça em frente a estação Central caminhamos até a Old Town, que é a parte histórica da cidade que foi reconstruída. Passamos pela Universidade de Vasróvia,  pelo palácio da Presidência e chegamos a Old Town. 




Palácio da Presidência
Ao chegarmos na Old town fomos à Praça principal, de lá caminhamos pelas ruas da Old town apreciando os prédios. Como era Natal passamos por vários Christmas Markets e olhamos souvenirs e diversas comidas que pareciam deliciosas. O Natal é a melhor epóca do ano para visitar as cidades (apesar do frio), são muitas atrações e mercados e as cidades estão decoradas e lindas.


Da praça principal fomos à Praça Rynek Starego Miasta, onde estava montada uma pista de patinação de gelo. A pista abria no fim de semana que a gente chegou lá, e tinha várias atrações/shows de natal acontecendo, devido a isto a região estava muito movimentada.

Pista de patinação gratuita



Essa praça situada no coração da cidade velha foi totalmente destruída pelos durante a Segunda Guerra. Toda praça foi construída novamente em 1953, com as casas coloridas de inspiração renascentista e barroca.


Para patinar no gelo era de graça se você tivesse seu próprio patins, e para alugar um na hora a taxa era de 10 slotz por uma hora e 5 slotz para meia hora. As filas estavam muito grandes e havia muita gente querendo patinar. 

O antigo Castelo
Entre a região da Old town e o palácio da Cultura passamos pelo memorial em homenagem aos soldados da Segunda Guerra. 



Tumulo do solado desconhecido

O Túmulo do Soldado Desconhecido  (o monumento  da foto acima) é dedicado aos soldados desconhecidos que deram suas vidas para a Polônia. É um dos muitos túmulos nacionais de desconhecidos que foram erguidos após a Primeira Guerra Mundial, e o mais importante da Polônia. No memorial fica uma chama acesa constantemente e dois guardas que ficam cuidando do tumulo 365 dias por ano. O monumento está localizado na Praça Pilsudski. 


DICA: Não saia de lá sem tomar um vinho com especiarias (uma espécie de quentão), era muito bom para aquecer no frio que estava e custa 10 slotz.
No geral a cidade vale a visita é muito bonita e também conta com baladas muito boas, não pagamos para entrar em nenhum museu porque nosso tempo e dinheiro estavam escassos. 


Beijos de Luz. 
Cristine

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Au Pair: Finalmente o Teste Psicológico da APC


Heeeey Guys, What's up?!!




Quanto tempo, não??HAHA. Queria começar dizendo que eu vou sim postar o meu texto super cute, especial de natal que eu não postei por problemas técnicos (internet), foi uma série de erros (meus) e um pouco de azar também, maaaaas já tá tudo certo, continuem lendo, é só terminar este post e logo abaixo vai estar o meu "Super Especial de Natal" haha #sqn!!

Então vamos finalmente falar desse post, "O teste psicológico da APC" (Au Pair Care), é a melhor coisa que você pode esperar depois que você entrega a documentação para a agência. A gente sabe que até reunirmos toda a documentação exigida pela agência leva um bom tempo, e dá muito trabalho;  depois de tanto esforço você só quer entregar logo e ficar online!

Provavelmente você já deve ter ouvido falar, e se não ouviu eu vou te dizer: Você não vai ficar online antes de fazer o teste psicológico! Eu tinha entregado a minha documentação e estava só esperando ficar online, mas aí eu me toquei sobre o tal teste psicológico e claro, fui cobrar da minha agente para solicitar pra au pair care me mandar logo pois já tinha um tempão que eu havia entregado os documentos. Então não esqueça desse teste, cobre-o pois ele é importante!

Quando eu fiquei sabendo sobre o teste fui direto consultar as minhas amigas que estão no processo porém, mais adiantadas que eu e também fui buscar no sr. google sobre blogs que falavam sobre o teste da au pair care especificamente; achei alguns blogs mas o número ainda é bem pequeno sobre o tema.
 Primeiro você vai receber um email pedindo para completar o seu application:



O outro email logo acima, já são os resultados no seu teste sai na mesma hora!
Quando você abrir o tal email, ele vai aparecer assim:


A imagem está cortada mas logo abaixo terá algumas instruções do tipo: use um computador para fazer o teste , não use celular ou tablet, faça o teste num ambiente confortável, não há questões certas ou erradas e etc.

As perguntas são simples, e podem 'parecer' repetidas algumas vezes.

haverá algumas alternativas do tipo:

                                                                                              More       Least
a - Sou uma pessoa que gosta de estar com os amigos.          x
b - Lido muito bem com muitas tarefas                                
c - Sou uma pessoa reservada.                                                                x
d - As pessoas dizem que tenho uma personalidade forte.

Haverá as duas colunas ao lado: more e least para você marcar dentro da bolinha o que está próximo da sua personalidade com o more e outra que você acredita que não pareça  tanto com quem você é com um least.

No outro email haverá outro link para você ver o resultado. Lembrando que o teste inteiro é em inglês pessoal!


Meu resultado foi:




É um teste simples e de fato não há respostas certas ou erradas, quero ressaltar para você ser bem sincera nas suas respostas porque agora o resultado do nosso teste ficará disponível no nosso perfil!





Beijos&Abraços, Maria.






O Natal de uma Aspirante

Heeeey Guys, What's up??!


Quando me perguntaram o que eu queria nesse natal eu tinha uma resposta falsa pronta, mas se uma aspirante a au pair (Como eu) me perguntasse o que eu queria de natal a resposta seria: EU QUERO UM MATCH!! Haha

Como eu demorei muito para ficar online (tô devendo o post) quando eu finalmente fiquei, a primeira sensação foi: Pronto, agora essa ideia de intercâmbio é séria! Quando isso acontece, você começa a se aproximar mais das pessoas queridas.

Durante a ceia eu olhei no rosto de cada um deles e sorri radiante, dentro de mim eu estava aproveitando esse momento em família, eu passaria o próximo natal com eles? Não sei.
Eu abracei muito, ri muito, desejei um feliz natal de todo o meu coração. Quando se está nesse processo de au pair, tudo é muito intenso, às vezes alguns momentos são curtinhos, porém tão intensos, eu dei ainda mais valor ao natal, eu sinto que de fato o que é bom de verdade é estarmos junto das pessoas que gostamos. Eu não dei presente, não recebi presente, eu era o presente  e eles eram o meu.

Posso ser um tanto fria, mas acho que a dor de partir não será tão grande ou talvez eu esteja imensamente enganada e a dor da partida seja a maior, mais intensa e dolorosa do que eu espero, mas como eu vou saber, eu ainda não tenho um match.

Mas uma coisa eu afirmo com certeza, eu vivi intensamente esse natal em  família!
Feliz Natal, desejo que o espírito de gratidão e solidariedade do natal permaneça em vocês durante esse próximo ano, e para nós aspirantes vamos seguir esse conselho das au pairs: Aproveite muito a sua família!



Beijos&Abraços


Maria

© Meninice Aguda - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: Cristina.
Tecnologia do Blogger.
Design por
imagem-logo
Unicorn Design