Cristina Ferreira

segunda-feira, 4 de julho de 2016

Roteiro quatro dias em Londres

Oi, aqui é a Cristine B. hoje vou falar sobre a capital da Inglaterra, a tão sonhada Londres.
Londres é (ou era) a maior cidade da União Europeia, ficando atrás somente de Moscou na Europa. Londres é uma grande centro financeiro mundial e comercial. Além de ser uma das cidades mais influentes e importantes do mundo foi a cidade mais visitada do Mundo em 2015.
Fui duas vezes para Londres em 2016, e vou descrever em um roteiro um pouco das atrações que Londres tem a oferecer.
Em uma das vezes eu aproveitei para ir visitar os Estúdios do Harry Potter em Londres, assunto para outro post.  


Dia 1

Comece o passeio pelo Hyde Park um dos parques mais importantes de Londres. O parque fica próximo ao centro da cidade. No final dele também está o Keningston Palace/ Gardens onde morava a Princesa Diana. No parque também há um Memorial para a Princesa.

Seguimos pela Brompton Road rua de várias lojas de grife e da famosa loja de departamento Harrods. A loja de departamento é um espetáculo a parte, são vários andares com roupas, móveis, artigos de decoração de luxo, brinquedos, cosméticos e muitas lojas de grife. A decoração é um espetáculo e os produtos são muito requintados e com preços bem salgados. Dica: Se quiser visitar toda loja, reserve pelo menos umas três horas no roteiro. 


Harrods

Depois de passar pela loja seguimos pela KnighstsBridge até a estação Hydepark corner onde está localizado o Wellington Arch e o Wellington Memorial. Seguimos pelo Constitution Hill, uma rua localizada entre o Green Park e os jardins do Palácio da Rainha. No final da rua está o Palácio de Buckingham, famoso pálacio onde reside a Rainha Elizabeth. Nele acontece a troca da guarda. Os horários de troca da guarda são 11:30 todos dias entre Abril e Agosto e nos outros meses em dias alternados.



Buckingham Palace: o Palácio da Rainha


Seguimos pelo St James Park, um dos mais lindos de Londres. Na primavera está cheio de Flores. 



St James Park

De lá chegamos a Abadia de Westminster onde acontecem as coroações, casamentos e funerais da Família Real Britânica, foi lá que aconteceu o casamento entre o príncipe Willian e Kate Middleton. Muitos membros da família real Britânica e cientistas como Charles Dawin, Isaac Newton estão enterrados lá. Para visitar a abadia é necessário pagar a quantia de 16 libras.



Abadia de Westminster


A frente da Abadia estão as famosas cabines telefônicas com vista para o Big Ben. O curioso é que Big Ben é o nome do sino que está instalado na torre do Palácio de Westminster,  nome da torre na verdade é Elizabeth Tower. 







Após atravessamos a  Westminster Bridge em direção a London Eye.  Vale a pena fazer o passeio a noite e de dia. Dica: compre os ingressos antes no site, pois as filas são sempre gigantes. 



Passeio na London Eye

London Eye
Dia 2

Comece pela St Paul's Cathedral, a sede da Igreja anglicana de Londres. A Basílica se destaca no horizonte devido a sua imponente cúpula. A entrada na Basílica custa 16 libras.



St Paul's Cathedral

Cruze o Rio Tamisa pela ponte  Millenium Bridge (aparece sendo destruída por comensais em Harry Potter e o enigma do Príncipe) e chegue ao Tate Modern. Uma galeria de Arte com várias obras de Dali e Picasso. A entrada na galeria é de graça.



Millenium Bridge

Siga a beira do rio onde estão as construções mais modernas de Londres com arquitetura contemporânea. Um dos destaques fica para o The Shard, o prédio mais alto de Londres em formato de cone, dá a sensação de não estar acabado devido as pontas de vidro. No outro lado do rio o destaque fica com o The Gherkin, que tem formato de pepino em conserva.


Skyline de L,ondres ao fundo The Gherkin


Prédios modernos em Londres ao fundo o The sharp

Ande até chegar a Tower Bridge, a mais famosa ponte de Londres (não é a London Bridge). A torre foi construída em 1894 em estilo Neogótico. É possível subir a torre pagando 9 libras. 




Tower Bridge
Tower of London


Ao lado da Tower Bridge está localizada o Tower of London, um castelo histórico do século XII fundado depois da conquista normanda da Inglaterra. Para entrar na fortaleza é necessário pagar 19 libras. Não entrei porque achei caro. 



Após pegue um metro e siga para os mercados de Nothing Hill ou Camden Town. Não cheguei a ir para Nothing Hill (decepção), mas Candem Town é um dos lugares mais fascinantes que eu já fui.  Cheia de lojas de artesanato, antiguidades, roupas e diversas tendas de comida, o destaque fica para o vestuário alternativo e principalmente os estilos gótico e punk. 


Camden Town
Camden 
Dia 3

Comece o passeio pela famosa praça Trafalgar Square, o nome está na origem na Batalha de Trafalgar onde Napoleão foi derrotado pela Marinha Real Britânica. É um praça utilizada para comemorações como a inauguração da Árvore de Natal e a celebração de Ano novo. é muito movimentada e está em frente a National Gallery, uma galeria de arte com diversas obras de artistas famosos como Van Gogh. A entrada na galeria é de graça e para visitar toda ela com calma são necessárias algumas horas.


Trafalgar Square

National Gallery

Siga para a Leicester Square local onde estão vários cinemas, teatros, cassinos. Não deixe de passar pelas ruas do Chinatown, que é um pedaço da China com restaurantes e lojas tradicionais chinesas. Festas típicas e o ano novo são comemorados ali. 
Chinatown
Outra loja com destaque é a MM's World na Leicester Square, são quatro andares de MM's e uma decoração muito divertida.

Siga até a Picadilly Circus, praça onde se cruzam as ruas Regent Street, Shafessburry Avenue e Picadilly. .O destaque fica por conta do telão gigantesco com propagandas, famoso por aparecer em diversos filmes.  

Picadilly Circus
Siga pela Regent Street e Oxford Street para o British Museum, o mais antigo museu do mundo. Possui milhares de coleções e é necessário bastante tempo para visitá-lo bem. A entrada é gratuita.

Dia 4


Visite o Natural History Museum um museu de história Natural com milhares de espécies de  animais e plantas, milhares de amostras rochas e pedras preciosas, fósseis uma parte exclusiva dedicada a dinossauros. Vale a pena uma visita de várias horas pelas galerias que encantam principalmente as crianças. A entrada é gratuita, mas chegue cedo sempre há filas. 

Natural History Museum
Se for um fã de museus vá ao Victória and Albert Museum um museu de artes decorativas e design com mais de 4,5 milhões de objetos. A entrada é gratuita.

Ainda pode se incluir na lista o Greenwich Park, um parque Real de Londres onde passa o meridiano com este mesmo nome. 

Dica: Compre o Oyster card, o cartão que dá descontos no uso do metro, pois as atrações em Londres são distantes umas das outras. 

Beijos e até o Próximo Destino 




Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Meninice Aguda - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: Cristina.
Tecnologia do Blogger.
Design por
imagem-logo
Unicorn Design