Cristina Ferreira

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Velho Tema - Vicente de Carvalho

Felicidade

Só a leve esperança, em toda a vida, 
Disfarça a pena de viver, mais nada;
 Nem é mais, a existência, resumida, 
Que uma grande esperança malograda. 

O eterno sonho da alma desterrada, 
Sonho que a traz ansiosa e embevecida,
 É uma hora feliz, sempre adiada 
E que não chega nunca em toda a vida. 

Essa felicidade que supomos, 
Árvore milagrosa que sonhamos
 Toda arreada de dourados pomos,

 Existe, sim; mas nós não a alcançamos
 Porque está sempre apenas onde a pomos 
E nunca a pomos onde nós estamos.

 Me deparei com este poema enquanto estudava Teoria Literária: Poética, uma das matérias do curso de letras, e me encantei com a mensagem da última estrofe: A felicidade existe sim, mas não a alcançamos. Porque ela está onde a pomos e nunca a pomos onde estamos. Por isso quis compartilha-lo com vocês. Good vibes! 


terça-feira, 20 de setembro de 2016

DECORAÇÃO PARA PAREDE com CDs e Revistas

  Hey galera, tudo bem? Aqui é a Cris e no vídeo de hoje eu trouxe uma ideia simples e barata para que você possa decorar aquela parede branca que tem em casa. 
 Essa pode ser a decoração do quarto ou até mesmo, um cenário para gravar vídeos.
 Para isso você só vai precisar de CDs velhos e revistas ou jornais! Aperta o play e vem conferir! <3 font="" nbsp="">

                          

domingo, 11 de setembro de 2016

Um dia ela desiste (Citação)





 Um dia ela desiste.


 Vai chegar em casa arrumar suas coisas e te deixar partir. Cansada do pouco caso ou do descaso com que foi tratado o seu amor. Vai perceber que você nem vale o esforço, não vale os choros, nem as brigas que rodearam vocês. 
 Um dia ela desiste.

 Desiste porquê já insistiu demais, acreditou demais, e principalmente, já perdoou demais. Foram tardes em que passou sozinha, fotos em que você não aparecia, mentiras em forma de desculpas.
 Um dia ela desiste.


 Desiste de estar ao seu lado, aplaudir suas conquistas e segurar sua mão. Era ela quem te apoiava quando ninguém mais estava lá. Mesmo sem merecer, defendeu você e te levantou. Degrau esse que você tanto pisou. Não soube cuidar, muito menos amar. Em troca ela recebia palavras viradas, carinho pela metade, celular bloqueado com mensagens secretas de um outro alguém

 Um dia ela desiste.

 Desiste de acreditar que por força divina, você regenera e vira um príncipe. Daquele que diz o quanto a ama e lhe trata como a única mulher com quem quer passar a vida inteira. Príncipe este que você não é. E bem sabemos que nunca vai ser.
 Um dia ela desiste.

 Desiste de depositar amor no banco errado. Um banco que não rende, só aumenta juros. Um dia ela para de dar chances a alguém que não se arrepende.
 Um dia ela desiste.

 Desiste de fechas os olhos Aquele que seria feliz em apenas segurar sua mão, passar as tardes de domingo jogados no sofá, conversar sobre os sonhos que vão realizar juntos. Alguém que realmente enviado por Deus deixará seus dias mais felizes. Um dia ela abre os olhos e percebe que merece ser amada, que merece muito mais do que recebe. Merece alguém que caminhe ao teu lado e não as tuas costas.

Um dia ela desiste de você.
















© Meninice Aguda - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: Cristina.
Tecnologia do Blogger.
Design por
imagem-logo
Unicorn Design